quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Adeus Pavão Dourado

Em algum dia de domingo eu vi o programa Caminhos e Parcerias da TV Cultura. O tema era trabalho infantil e uma música da trilha sonora que ficou na minha cabeça se chamava Adeus Pavão Dourado.

Este é o link para o programa desse dia:
http://www.tvcultura.com.br/caminhos/11sisal/sisal1.htm

Adeus Pavão Dourado

A menina, sem bonecas,
brincava então com pedrinhas.
A maior delas era o pai,
a mais clara a mãe,

e a menor,
era ela mesma.

A pedrinha pequena
tinha as mãos calejadas
e não devia
ter que trabalhar.

Era uma pedrinha
de oito anos,
que passeava
com a pedra grande,
de bicicleta,
aos domingos.

Ali a pedrinha sorria
e até se esquecia,
de lembrar,
que nem é bom lembrar
certas coisas.
Que mal dormir ela podia,
porque amanhã cedo ela ia
bater pedra com um martelo
para ganhar uma moeda
quando findasse o dia.

Sérgio Medeiros

Um comentário:

como de costume disse...

Ola, Só para da um alô no site
Bjs, Elze Maria