terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Minha mulher

Eu não sou
minha mulher!

Minha mulher?

Era uma loira bonita
que não me queria tanto,
mas depois que meti fundo
ela se afeiçoou.

Pena que aqueles filhos
acabaram com ela.

Porra, deixa eu
voltar pro assunto:
eu não sou
a minha mulher.

Prefiro
o churrasco ao ponto.

Agora
assa mais um pouquinho
pra eu poder
levar pra ela.

Sérgio Q Medeiros

Um comentário:

Relicário disse...

Venho deixar um abraço imenso e retribuir o carinho, seja por tantos anos, ou por alguns dias. Mas principalmente, pela troca e bonitezas que surgem e dos amigos que conquistamos e que no fundo, no fundo, não são tão virtuais assim...

Tem um presente pra você aqui: http://ancoradanoriso.blogspot.com.br/2013/03/vasto-coracao.html

Espero que se sinta num abraço e que goste.
Deixo o meu carinho.
Beijo na alma,
Sam.