quinta-feira, 15 de julho de 2010

Cria

A mãe
criou a filha,
que virou mulher da vida
e lhe deixou um neto pra criar.

O neto,
que saiu quieto e ensimesmado,
era a companhia da avó
para a missa e os passeios de domingo.

A avó,
que andava preocupada
com o namoro do neto,
agora dorme mais tranquila.

Gracinha, a namorada,
vendo que não tinha jeito,
deixou a velha morar junto
quando eles se casarem.

Sérgio Medeiros

4 comentários:

Beatriz disse...

pequena narrativa poética muito interessante

Alessandra Cifali disse...

Moooooço !!!!

Crii's disse...

Olá , sou leitora do blog..

e neste momento estou ajudando a uns amigos na divulgação de um evento artístico que ira acontecer no rio de janeiro..

Gostaria de poder te passar um release do projeto...Para que você possa nos ajudar como puder.

Manda uma msg, pra

crica100@hotmail.com que em seguida lhe envio tudo...Agradeço.

Cristina de Moraes

Paulo Henrique Motta disse...

hummm, entendi...
mas como eu faço isso.
gostei da ideia.

abs
Paulinho Motta