quarta-feira, 3 de março de 2010

Nesses dias de abril

Nesses dias
de abril
em que faz frio
e os homens
guardam-se em casa,
é difícil
arrumar abrigo.

É difícil
arrumar amigo,
mulher
e qualquer pessoa
pra se distrair.

Nesses dias
de abril
em que os homens
guardam-se em casa,
é difícil não ler livros
e não fazer versos.

Nesses dias,
de abril,
é difícil não beber,
não sentir a cabeça explodir
e não acordar desanimado.

Nesses dias
de abril,
anda difícil viver.

Sérgio Medeiros

3 comentários:

Eraldo Luís Rezende Fernandes disse...

Gostei! :)

Beatriz disse...

esse março está mesmo parecendo um abril, melancólico assim como você o descreveu, digno de poesia.

Anxious Girl disse...

Depois das aguás de março, vem a melancolia de abril