segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Soldadinho

Eis que me encontro aqui diante da complexa tarefa de postar algo no blog!

Escolhi então falar sobre o soldadinho, que é um rapaz bravo e corajoso.
Quando era pequeno li um livro sobre outro bravo soldadinho, que nasceu sem uma perna e se apaixonou pela bailarina.


Soldadinho de Chumbo

Um soldadinho de chumbo,
desses que eu nunca vi,
mas se encontram nos livros,
avança solene e segue em frente.

Lá vai o soldadinho,
para mais uma batalha.
Esta, dizem, nem é das mais difíceis.
Dizem, também, que o soldadinho
logo estará de volta.

O soldadinho marcha e faz planos:
pintar a casa de azul,
mandar carta para a mãe
e noivar no fim do ano.

Engraçado esse soldadinho,
que faz seus planos no escuro,
e sonha mais do que eu,
do que você e do que o moço
da loja de seguros.

Sérgio Medeiros

3 comentários:

como de costume disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
como de costume disse...

Bacana seus textos, que dizer que informática é um disfarçe? Estou diante de um poeta? Bjs Elze Maria

Sérgio Medeiros disse...

Pois é, todo mundo precisa de uma identidade secreta :-)